Skip to content

O Machismo e a Violência Contra o Homem

8 de junho de 2012

Muitos homens não percebem que o machismo é uma violência contra eles mesmos. É um monstro que é alimentado pela sociedade e volta para morder a mão.

O machismo faz com que os homens tenham mais dificuldade, por exemplo, em denunciar abusos sofridos. O machismo os ensina a responder com violência quando algo ruim acontece (como uma traição, uma briga de trânsito, qualquer coisa).

O machismo ensina que homem não chora, homem sabe se defender, homem “de verdade” fica quieto.

Então, o homem cresce com todas essas “verdades universais” e reluta em procurar ajuda quando precisa.

Reluta em procurar apoio após sofrer uma violência.

Sou contra esse machismo que prega que homem tem que ser assim ou assado. Homem tem que ser feliz. Assim como todos os outros seres do planeta.

Parte de vivermos em sociedade é, às vezes, aceitarmos uma mão que nos ajude, nos guie, nos auxilie.

E isso não é vergonhoso para ninguém, pelo contrário. Quem não gosta de uma demonstração de afeto?

Beijos!

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Sonado permalink
    9 de junho de 2012 14:51

    O machismo torna a vida bem mais difícil para nós homens. Quando não podemos nem discordar do que a sociedade impõe, pois isso gera piadinhas por parte de todos os envolvidos, as coisas se tornam desgastantes.
    Tenho sorte de conhecer homens e mulheres com a mente mais aberta, mas ao lidar com as pessoas fora de meu circulo social, noto que não somos regra, mas sim exceção. Uma lastima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: